Dilma sobe por economia e transferência de votos

Natuza Nery, Reuters

“A pré-candidata do governo à Presidência da República, Dilma Rousseff, vem consolidando seu nome junto ao eleitorado, beneficiada pela atual condição da economia e contemplada com a transferência de votos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

As informações são da pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte. O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira.

Conforme a sondagem, a ministra subiu 6,1 pontos percentuais em cenário de primeiro turno com quatro candidatos e teria superado a marca tradicional de transferência de votos.

Nesse cenário, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), oscilou positivamente para 33,2 por cento (ante 31,8 por cento em novembro). Dilma chegou a 27,8 por cento, ante 21,7 por cento.

Enquanto há dois meses a diferença entre os dois era de 10,1 pontos percentuais, a variação agora cai à metade, para 5,4 pp.

A senadora Marina Silva (PV-AC) passou de 5,9 por cento para 6,8 por cento, dentro da margem de erro. Já o deputado Ciro Gomes (PSB-CE), maior perdedor da rodada, caiu de 17,5 por cento em novembro para 11,9 por cento agora.

Com esses números, Ciro entrega para a aliada na Casa Civil um precioso patrimônio de votos.

Segundo o diretor do instituto, gira em torno de 20 por cento o universo de entrevistados que afirma só votar no nome indicado pelo presidente.
"Parece que Dilma Rousseff passa a extrapolar os limites da transferência inequívoca de Lula", avaliou Ricardo Guedes, técnico do levantamento.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: