Dilma afirma que o aborto é violência contra a mulher

Diário OnLine

“A pré-candidata do PT, Dilma Roussef, declarou nesta quarta-feira, em entrevista a um programa da rede RBS, no Rio Grande do Sul, que o aborto é uma violência contra a mulher.

"Nenhuma mulher defende ou diz que quer fazer, porque é uma violência contra ela. Graças a Deus, não tive que fazer, mas conheci quem fez e entrava chorando e saía chorando. Essa não é uma questão pessoal minha, sua ou da Igreja. É saúde pública", disse Dilma.

Ela defendeu que, nos casos em que o aborto é permitido pela legislação, a população de classe baixa deve ter condições de recorrer aos serviços de saúde. "Um governo não tem que ser a favor ou contra um aborto. Precisa ser a favor de uma política pública, e eu acho que não existe mulher pró-aborto. Na sensibilidade da mulher, o aborto é uma agressão física e a mulher recorre a isso num desespero", completou.

A petista também tratou de vários outros temas na entrevista, como o reajuste aos aposentados que ganham mais de um salário mínimo.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: