Dilma defende aumento de arrecadação para saúde

Laryssa Borges, Portal Terra

“A pré-candidata petista à presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou nesta quarta-feira (19) que, se eleita, usará o aumento da arrecadação de impostos federais como um dos mecanismos para a melhoria da saúde pública no País. Em debate promovido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), disse ainda ser favorável à regulamentação da chamada Emenda 29, que estabelece patamares mínimos de investimento para o setor de saúde.

"Assumo o compromisso de lutar pela emenda constitucional 29, considerando o princípio de equalização, universalidade e qualidade. Não sou uma pessoa que me presto à demagogia ou a qualquer proselitismo eleitoral. Sabemos perfeitamente que houve uma perda de R$ 40 bilhões (para a saúde) quando a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) foi extinta. A boa notícia que temos diante dessa queda é que o Brasil entrou em uma trajetória de crescimento, e a gente sabe que arrecadação sempre cresce acima do Produto Interno Bruto. Estou dizendo (para financiar a saúde) do aumento da arrecadação e de um remanejamento de gastos necessários quando se prioriza uma área", declarou.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: