Dilma: 'Questão das Farc é uma questão do meu adversário”

A candidata do PT disse que não conversou sobre o tema tão citado por Serra durante encontro com o presidente da Colômbia hoje

Andréia Sadi, iG

Após encontro com o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santo, nesta quarta-feira, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou que a questão das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) não foi abordada na conversa. A candidata disse que a polêmica é uma questão do seu adversário José Serra (PSDB).

“Essa questão das Farc é muito mais uma questão do meu adversário do que da Colômbia. A Colômbia tem plena consciência da relação do governo Lula, o respeito do governo durante todos esses episódios. (..) Não conversamos (sobre as Farc)”, rebateu ao ser questionada sobre o suposto elo do PT com a guerrilha.

O tema foi colocado na campanha eleitoral pelo candidato a vice de Serra, Indio da Costa (DEM), que acusou o PT de ligações com as Farc e o narcotráfico. Depois de minimizar o assunto e dizer que o PT não é ligado ao narcotráfico de início, a campanha tucana passou a insistir no assunto, com novas declarações para manter a polêmica na campanha.

Dilma disse que o governo brasileiro tem a posição contrária à guerrilha e só participaria de atividade de pacificação e diálogo com as Farc a pedido da Colômbia. “Presidente Santos tem bastante consciência disso (..) As Farc não é problema do Brasil”, afirmou.”
Foto: Reprodução
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: