‘Hoje o Brasil é um País respeitado internacionalmente', diz Dilma

“Segundo Dilma, rompimento com FMI é exemplo da soberania brasileira. Candidata disse que pretende preservar essa conquista do governo Lula

Redação, Correio*

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou nesta terça-feira (7) que o Brasil precisa reforçar o que ela chama de “ideias-força”, como independência, soberania, desenvolvimento e inclusão. No dia da independência do Brasil, Dilma citou como exemplo de soberania o rompimento com “a tutela" do Fundo Monetário Internacional (FMI).

“Hoje o Brasil é um País que é respeitado internacionalmente, porque ninguém respeita devedor. Acho que nesses oito anos [do governo Lula] esse fato, que foi o pagamento da nossa dívida com o Fundo Monetário, a ruptura dessa tutela, é uma das maiores comemorações que o povo brasileiro pode ter”, afirmou a candidata petista.
Dilma lembrou que o Brasil dependia de aval do Fundo Monetário para definir políticas, como salário mínimo, investimentos em estradas, saneamento, urbanização.

Segundo Dilma, as reservas brasileiras passaram de US$ 21 bilhões, em 2003, para US$ 262 bilhões em 2010. A candidata falou à imprensa nesta terça, no escritório da campanha, em Brasília, e disse que o aumento das reservas é uma “conquista” do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que ela pretende preservar, caso seja eleita.
“Tem gente que passou o governo inteiro do residente Lula, torcendo para o Brasil dar errado. Eu acho que o Brasil está dando certo, se eles acham que está dando errado, eles tentem convencer o povo disso”, disse Dilma. As informações são do G1.”
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: