Para a Presidenta Dilma, urgente

Rui Martins, Direto da Redação

“Há uma urgência para ser atendida e quem sabe ainda há tempo, na composição do seu governo, para prever a solução. Mesmo porque envolve questões de direitos humanos. Mãe e avó que é, acho que comprenderá meu apelo.

Eu já soubera de situações desesperantes, como a que vou contar, nos jornais europeus, mas relacionadas com mexicanos. Imigrantes mexicanos, para ser preciso. Alguns com mais de dez anos de clandestinidade como imigrantes nos EUA. Apanhados na rua, no Arizona, são enviados à prisão, não podem mais retornar aos lugares onde moram, retirar o dinheiro que juntaram no banco com seu trabalho, contar à família onde se encontram.

Muito pior que isso, não têm mais contato com seus filhos e se os filhos nasceram nos EUA, uma tragédia se prepara – serão expulsos seus filhos com nacionalidade estadunidense ou americanos, como dizem, não serão expulsos e separados dos pais serão entregues a instituições ou em adoção.

Aqui na Europa, onde vivo, a caça aos imigrantes clandestinos tem aspectos absurdos, que lembram métodos aplicados nos anos 30 contra os judeus. Apanhados pelos policiais, na Holanda, na Espanha, Itália ou outros países, deixam tudo quando juntaram nos anos de clandestinidade e são expulsos com a roupa do corpo, depois de um período de prisão e maus tratos.

Porém, a perda dos filhos não ocorre para os imigrantes clandestinos na Europa, mesmo porque são países nos quais não se adquire a nacionalidade com o nascimento. Mal saem à luz, já são estrangeiros imigrantes clandestinos e serão expulsos com os pais, no caso de serem apanhados num controle na rua, no trem, no ônibus ou no trabalho.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

Milton Cardoso disse...

O companheiro Rui Martins escreve e defende os Imigrantes muito bem e esta de parabens.
Porem falta o conhecimento real da situaçao aqui nos EUA, pois ja se esqueceu como este conselho se elegeu, e nao sabe que na ultima reuniao do conselho eleito, nao se falou dos problemas dos idocumentado, a nao ser a minha tentativa de trazer o assunto ao debate, e que foi abafada e a minha fala foi retirada ate do video.
Como eu falei na ata consolidada ate a palavra IMIGRANTE foi substituida por VIAJANTE que se refere ao turista da elite e aos muambeiros que gastaram os 15 bilhões de dolares.