Dilma inicia definição do plano de 100 dias

Abnor Gondim, DCI

“Depois da emoção da posse, o governo da presidente Dilma Rousseff começa nesta semana a tarefa de definir medidas para melhorar os gastos em investimentos e equilibrar as contas públicas recebidas do antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva. Também será traçado o plano dos primeiros 100 dias de governo diante um cenário de desaceleração da economia, ajuste fiscal, aumento de juros para conter a inflação e cortes no Orçamento de 2011.

A presidente assumiu no sábado dizendo que a "pobreza extrema" envergonha o País e que defende a classe média "sólida e empreendedora".

Entre seus primeiros desafios, está a alta da inflação. Além disso, de acordo com empresários que estiveram com auxiliares diretos da nova presidente, Dilma trabalhará logo no início de seu governo em medidas para beneficiar o setor produtivo. Essas medidas incluiriam, segundo os empresários, aumento das alíquotas de importação de produtos fabricados no exterior, que estariam sendo vendidos ao Brasil em condições desiguais de competição

Dessa forma, o novo governo quer mostrar, na prática, que tomará medidas para atenuar os impactos do câmbio desfavorável no setor produtivo brasileiro.

Uma das primeiras avaliações do novo governo será levantar, a partir de hoje, o volume de investimentos previstos no Orçamento da União que deixaram de ser gastos até sexta-feira passada, o último dia do governo Lula. Até o dia 25 de dezembro, a chamada conta dos "restos a pagar" - despesas que passam de um ano para outro - apontava que apenas 26% do total de investimentos previstos no Orçamento de 2010 haviam sido executados.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: