Dilma passa em 1º desafio de presidente e mostra que vai fugir das câmeras para atuar nos bastidores


Para especialista, falta de carisma não vai interferir na condução do governo

Wanderley Preite Sobrinho, do R7

Nem bem completou duas semanas no cargo e a nova presidente do Brasil, Dilma Rousseff, já deu sinais suficientes de que, diferentemente do antecessor e padrinho político, Luiz Inácio Lula da Silva, ela vai fugir dos holofotes durante seu mandato para atuar nos bastidores do poder. Foi assim em sua atuação contra as enchentes no Rio de Janeiro e vem sendo assim na administração das crises internas envolvendo aliados do governo.

Para o cientista político e professor da Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), José Paulo Martins Júnior, Dilma fez tudo o que um chefe de Estado deveria fazer ao se deparar com seu primeiro grande desafio à frente do país: diante da maior tragédia climática dos últimos 50 anos no Rio de Janeiro, ela telefonou para o governador fluminense, Sérgio Cabral, desembolsou recursos para socorrer os desabrigados e mandou ministros correr para o Estado antes que ela mesma atolasse suas botas na lama que escorreu pelos morros levando casas, carros e a vida de mais de 500 pessoas.

Depois de vistoriar a região serrana do Rio, ela falou com a imprensa. Sem a mesma desenvoltura de Lula - sempre à vontade em frente a câmeras de TV -, ela foi objetiva ao enfileirar os números da tragédia e as medidas emergenciais tomadas pelo governo.”
Foto: Reprodução
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: