Dilma se reunirá na Argentina com as Mães da Praça de Maio

Portal Terra

“A presidente Dilma Rousseff que na próxima segunda-feira realizará na Argentina sua primeira visita oficial a outro país desde que assumiu seu mandato, em 1º de janeiro, se reunirá em Buenos Aires com os dirigentes das Mães da Praça de Maio, informaram nesta quinta-feira fontes oficiais.

Dilma, uma ex-militante de grupos guerrilheiros que foi torturada durante o regime militar brasileiro (1964-1985), pediu que a reunião com as Mães da Praça de Maio fora incluída em sua agenda oficial na Argentina, disse o assessor da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, em declarações citadas nesta quinta-feira pela oficial "Agência Brasil".

A presidente "tem grande sensibilidade para os assuntos relativos aos direitos humanos", garantiu García, que ocupou o mesmo cargo no Governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo o assessor, a decisão da chefe do Estado de reunir-se com as mulheres que se transformaram em símbolo da luta pela defesa dos direitos humanos em seu país "valoriza muito a luta emblemática que essas senhoras têm na história política recente da Argentina".
As mães e avós da Praça de Maio tornaram-se famosas por suas iniciativas à procura de seus filhos e netos desaparecidos durante a ditadura argentina e para exigir o processo dos responsáveis por crimes de lesa-humanidade na Argentina.

García lamentou que, por falta de tempo, Dilma não poderá visitar durante sua estadia em Buenos Aires o Museu da Memória Aberta, construído na antiga sede da Escola de Mecânica Marinha da Marinha (Esma), um local que foi um dos principais centros de tortura na Argentina.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: