Dilma defende liberdade de imprensa em evento de aniversário da Folha de S.Paulo

Bruno Bocchini, Agência Brasil

“A presidenta da República, Dilma Rousseff, defendeu na noite de hoje (21) a liberdade de imprensa em discurso em evento comemorativo aos 90 anos do jornal Folha de S.Paulo. Dilma lembrou que a imprensa no país nem sempre foi livre e ressaltou que a democracia só é possível na presença da multiplicidade de opiniões e do contraditório.

“Quando saímos da ditadura consagramos a liberdade de imprensa e rompemos com o passado que vedava manifestações e que tornou a censura o pilar de uma atividade que afetou profundamente a imprensa brasileira", disse. "A nossa democracia se fortalece com práticas diárias, sobretudo pela liberdade de opinião e de expressão, liberdade que se alicerça na liberdade de crítica".

A presidenta ressaltou também que multiplicidade de opiniões e a liberdade de crítica são indispensáveis à democracia, “mesmo quando são irritantes, mesmo quando nos afetam. Mesmo quando nos atingem”.
Dilma ainda comentou o papel do jornal e do jornalista na sociedade. "A censura fez com que o primeiro jornal brasileiro fosse impresso em Londres. De Libero Badaró a Vladmir Herzog ser jornalista é um ato de coragem".
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: