Dilma: mínimo de R$ 545 foi demonstração de força e coesão

Jornal do Brasil 

“A presidente Dilma Rousseff atribuiu nesta quinta-feira a vitória do governo na aprovação do salário mínimo de R$ 545 à "coesão e força política". A presidente, que ao longo do dia de ontem foi informada constantemente das negociações entre parlamentares e ministros sobre o novo valor do benefício, fez o relato ao governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral (PMDB).

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira, o projeto de lei que fixa o valor do salário mínimo em R$ 545 a partir de 1º de janeiro de 2011. O texto ainda segue para o Senado.

A fórmula usa o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores, somado com a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do último ano para calcular qual o acréscimo que será feito no mínimo. Devido a crise mundial, contudo, não houve crescimento em 2009, assim, o valor deste ano apenas seria corrigido pela inflação.

Já o governo tenta convencer a oposição (e acalmar as centrais sindicais) alegando que se o cálculo for mantido, o mínimo em 2012 chegará a R$ 616, além de ter um aumento real de 30% nos próximos cinco anos.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: