Dilma cobra de Obama fim de barreiras comerciais

Diário do Grande ABC / AE

“Em nome da "franqueza" e para construir "uma relação de maior profundidade", a presidente Dilma Rousseff disse hoje ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que uma relação comercial mais justa e equilibrada exige "que sejam rompidas as barreiras que se erguem contra nossos produtos". Dilma fez questão de citar alguns desses produtos, como "etanol, carne bovina, algodão, suco de laranja e aço".

Dilma agradeceu a "gentileza" da visita, "logo no início do meu governo" e fez questão de se apresentar como herdeira do "meu querido companheiro Luiz Inácio Lula da Silva, com quem tive a honra de trabalhar". A presidente citou o "o legado" de inclusão social do ex-presidente Lula e lembrou que, no Planalto, estavam juntos a primeira a mulher eleita no Brasil e o primeiro presidente dos EUA "afro descendente".

Obama citou a transição do Brasil da ditadura para a democracia e também registrou que fez questão de incluir o Brasil como primeiro país a visitar no roteiro pela América Latina - ele segue ainda para o Chile e El Salvador.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: