Inseparável do iPad, Dilma vive cem dias de “presidente pop”


Presidente recebeu artistas e celebridades internacionais no Palácio

Do R7

“Passava das 21h do dia 24 de fevereiro. A presidente Dilma Rousseff havia concedido uma entrevista à apresentadora Hebe Camargo com direito a um tour pelo Palácio da Alvorada. Durante o passeio, Dilma se aborreceu. Descobriu que um quadro da pintora Djanira da Motta e Silva ainda estava pendurado na parede.

Dias antes ela havia ordenado que todas as telas pintadas por mulheres fossem recolhidas para a exposição Mulheres, Artistas e Brasileiras, que seria aberta um mês depois no Palácio do Planalto. Os assessores correram para tratar da transferência da tela.

Aos 100 dias de governo da 36ª presidente da República, Dilma ainda surpreende não só quem trabalha com ela, mas ainda mais os brasileiros. Dilma é aficionada por artes. Devora livros, pinturas e, para espanto até dos seguranças que não estavam acostumados com o roteiro nos últimos oito anos, também vai ao teatro.

No último dia 3 de abril, a presidente apareceu no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) para prestigiar a peça A Lua vem da Ásia, monólogo do escritor mineiro Walter Campos de Carvalho estrelado pelo ator Chico Diaz. A atitude ganhou aplausos da classe artística, que dias antes ganhou um encontro da presidente com 30 cineastas mulheres – o primeiro de uma série de sarais mensais que serão organizados no Palácio da Alvorada.

No computador do trabalho, a presidente também mostra seu gosto artístico. Sempre que pode ela entra em sites de museus famosos, como o Metropolitan de Nova York, e baixa quadros. Dentre os preferidos estão os impressionistas, como Claude Monet e Auguste Renoir.”
Foto: Roberto Stuckert Filho, PR
Matéria Completa, ::Aqui::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: