Senadores pedirão a Dilma mais tempo para votar Código Florestal

Claudia Andrade, Portal Terra

“O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou nesta quarta-feira que os líderes vão solicitar à presidente Dilma Rousseff que prorrogue o decreto que suspende multas referentes a desmatamentos. O decreto vence no próximo dia 11 de junho, e o Senado avalia que não terá tempo para discutir o texto do novo Código Florestal até que esse prazo expire. "Vamos pedir que (Dilma) prorrogue o decreto por três ou quatro meses para dar tempo de o Senado se manifestar. O prazo do dia 11 de junho torna inexequível fazer as mudanças, porque teremos menos de um mês", argumentou Jucá.

Na noite de terça-feira, a Câmara dos Deputados aprovou o Código Florestal depois de um longo período de negociações entre produtores e ambientalistas. O texto aprovado incluiu uma emenda do PMDB que teve apoio de parte dos deputados da base aliada e também da oposição, mas que desagradou o governo. A emenda dá aos Estados o poder de autorizar a manutenção de atividades em Áreas de Preservação Permanente (APPs) por meio do Programa de Regularização Ambiental. O governo defendia que essas atividades fossem definidas em decreto presidencial posteriormente. Esse deverá ser apenas um dos muitos pontos a serem discutidos pelos senadores em torno do texto, que deve passar por pelo menos três comissões antes de ser votado em plenário.

As mudanças que o Senado promoverá no texto fará com que a matéria volte a ser analisada pela Câmara. "Iremos contatar os líderes da Câmara também para falar das mudanças que queremos fazer", disse Jucá a respeito das negociações.”
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: