Dilma declara que não haverá perdão para desmatadores da Amazônia

EFE / Portal Terra

“A presidente Dilma Rousseff declarou nesta terça-feira que os responsáveis pelo desmatamento na região amazônica não serão perdoados por esse "crime ambiental".

"Não negociaremos a questão do desmatamento. Iremos cumprir os compromissos que assumimos e não permitiremos que haja volta atrás na roda da História", declarou Dilma em um ato público, no qual designou os membros de uma comissão especial que organizará a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).
A presidente lembrou que, no ano passado, prometeu aos eleitores que vetaria uma possível anistia aos responsáveis pelo desmatamento ilegal na Amazônia.

Apesar da firmeza de Dilma, a Câmara dos Deputados, com amplo apoio da base governista, aprovou há duas semanas o Código Florestal, um conjunto de leis de proteção ambiental que, entre outros pontos, propõe perdoar aqueles que até agora vinham cortando árvores de forma ilegal.

O projeto de lei foi enviado ao Senado, que ainda não começou a debatê-lo e que deve demorar pelo menos quatro meses para discuti-lo e votá-lo.

Sobre a Conferência Rio+20, Dilma declarou esperar que contribua para sintonizar as precauções globais contra a mudança climática, que será um dos eixos centrais da reunião.”
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: