Bernardo leva hoje proposta de satélite à presidente Dilma Rousseff


Lúcia Berbert, Tele Síntese

“O projeto do satélite geoestacionário brasileiro será apresentado nesta segunda-feira (26) à presidente Dilma Rousseff, pelos ministros Paulo Bernardo (Comunicações) e Aloizio Mercadante (Ciência, Tecnologia e Inovação). A previsão é de que seja lançado em 2014 a um custo de R$ 720 milhões, em parceria com empresas privadas.“O que nós vamos levar para a presidente é uma fórmula para comprar ou construir o primeiro satélite geoestacionário, mas há previsão de outros”, disse Paulo Bernardo. Segundo ele, a proposta está baseada na urgência dos prazos combinada com a necessidade de desenvolver tecnologia no país.

Ainda não há definição sobre a base de lançamento do satélite nem o grupo privado que participará do projeto, apesar da manifestação de interesse de organizações como a Odebrecht, que já criou uma empresa específica para investimentos em telecomunicações e segurança. “A escolha do parceiro privado deverá ser por chamamento público ou por licitação”, adiantou o ministro.

Paulo Bernardo disse que o satélite será extremamente importante para levar a banda larga para o setor rural, combinado com a faixa de 450 MHz. “O satélite não pode substituir o sistema de rádio no solo para fornecimento de conexões no campo porque ficará congestionado, mas servirá para resolver a questão do backbone aonde as fibras ópticas não chegam”, disse.

Ainda de acordo com o ministro, caso o satélite seja lançado no início de 2014, poderá contribuir para aumentar a infraestrutura da Copa do Mundo.”
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment