Após reunião do setor energético, ministro volta a afastar risco de apagão


Lobão diz que sistema energético é suficiente mesmo durante seca

Carolina Martins, do R7

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, voltou a afirmar, nesta quarta-feira (9), que o sistema de energia elétrica do País vai assegurar o fornecimento para todo o território brasileiro, mesmo com os reservatório das usinas hidrelétricas no nível mais baixo dos últimos dez anos. De acordo com o ministro não há nenhum risco de apagão.

— Eu me lembro que falei em 2008, logo após ter assumido o ministério, no dia 21 de janeiro, quando se dizia, a exemplo de agora, que nós teríamos um desabastecimento. Não houve, não haverá agora e espero que jamais haja desabastecimento de energia elétrica neste País.
As declarações foram dadas após a reunião do CMSE (Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico), realizada no MME (Ministério de Minas e Energia), em Brasília.

O encontro foi presidido pelo ministro e teve aparticipação do secretário-executivo do MME, Márcio Zimmermann, do diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), Hermes Chipp, do diretor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Edvaldo Santana e do diretor da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Helder Queiroz. O presidente da EPE (Empresa de Pesquisa Energética), Mauricio Tolmasquim, também estava presente.

O ministro lembrou que a reunião não foi convocada com urgência e que estava inicialmente marcada para dezembro de 2012. Ele fez questão de mencionar a chuva que caiu em Brasília, durante o encontro,  para tranquilizar a população.

— A tendência é melhor daqui para frente com o abastecimento completo dos reservatórios das hidrelétricas.

A presidente Dilma Rousseff antecipou sua volta das férias no Nordeste e retornou nesta terça-feira (8) à Brasília, mas não participou da reunião. O ministro Edison Lobão vai ser encontra com ela, no Palácio do Planalto, ainda hoje para repassar a ela o que foi discutido no encontro do CMSE."

Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: