Dilma Rousseff chega a Caracas com Lula para homenagear Hugo Chávez


Pouco antes, o presidente cubano, Raúl Castro, também desembarcou na Venezuela para homenagear seu maior aliado internacional


“A presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegaram por volta das 16 horas de hoje (7) a Caracas para participar das homenagens que serão realizadas amanhã ao presidente venezuelano Hugo Chávez. Dilma, porém, desceu do avião presidencial acompanhada apenas do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e foi recebida imediatamente pelo chanceler venezualano, Elías Jaua. Alguns minutos depois, Lula se juntou às autoridades e embarcaram num veículo de vidros negros.

Originalmente, Dilma Rousseff faria uma visita oficial à Argentina, mas mudou os planos ao saber do falecimento do presidente Hugo Chávez, anunciado pelo vice, Nicolás Maduro, na terça-feira (5). Dilma é a quarta chefe de Estado sul-americana a desembarcar na Venezuela para render homenagens ao líder bolivariano. Pouco antes, desembarcou em Caracas o presidente de Cuba, Raúl Castro.

Ontem já haviam chegado a Caracas o presidente da Bolívia, Evo Morales, do Uruguai, José Mujica, e da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner. Junto ao povo venezuelano, os três acompanharam o cortejo fúnebre que percorreu as ruas da capital entre o Hospital Militar e a Academia Militar, onde Chávez está sendo velado.

Ao menos 15 países da América Latina, África e Oriente Médio decretaram luto oficial pela morte de Hugo Chávez. De acordo com o jornal oficialista Correo del Orinoco, mais de 2 milhões de pessoas virão ou tentarão dar seu último adeus ao presidente. Outros chefes de Estado são esperados para as honrarias que receberão o corpo do líder venezuelano. O Ministério de Comunicação e Informação afirma que o país recerá 54 delegações internacionais de alto nível, 33 delas encabeçadas por presidentes da república ou de governo.

"Aos que vêm e aos que não puderem vir, mas enviaram suas manifestações de solidariedade, muito obrigado", agradeceu o chanceler Elías Jaua. "Muito obrigado por essa homenagem póstuma a um homem que lutou pela paz no mundo, pela união latino-americana e caribenha, pela democratização das organizações internacionais e pelo equilíbrio de poderes." Representantes da ONU, Unasul, Mercosul e outras entidades regionais e globais também estarão em Caracas.”
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: