Dilma avalia sua base: Cunha desce, PMDB sobe


Numa primeira reflexão com auxiliares sobre a dramática vitória da MP dos Portos na Câmara dos Deputados, por 210 a 172, em sessão que terminou às 4h55 desta quarta-feira 15, presidente Dilma demonstra gratidão por empenho de chefes da legenda aliada; cita nominalmente o presidente da Câmara Henrique Alves, o líder Eduardo Braga, o presidente do Senado Renan Calheiros e o vice-presidente Michel Temer como extremamente leais; e espera enquadramento exemplar ao líder Eduardo Cunha, que atuou como o maior dos oposicionistas; ele é mesmo o melhor líder para o novo momento de paz e amor entre a presidente e o PMDB?

Brasil 247

O PMDB está em alta com a presidente Dilma Rousseff, na mesma medida em que, na outra ponta da gangorra, o líder do partido na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), estacionou na baixa. Emenda aglutinativa dele à MP original foi derrotada por 210 votos contra 172. O texto de Cunha iria "desfigurar" as intenções do governo com a MP.

Feita na manhã desta quarta-feira 15, a primeira avaliação da presidente após a aceitação, pela Câmara, do texto da Medida Provisória dos Portos, é de gratidão aos chefes da legenda no Congresso. Dilma considerou a auxiliares que os papéis do presidente da Câmara, Henrique Alves, do líder do governo, Eduardo Braga, do vice-presidente Michel Temer e do presidente do Senado, Renan Calheiros, foram desempenhados com grande lealdade ao governo - mas a presidente não consegue aceitar o comportamento ostensivo, contra os interesses da administração, do líder Cunha.”
Matéria Completa, ::AQUI::
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: