Dilma exalta Lula e Bolsa Família por aniversário


Presidente ressalta avanços do programa lançado por seu antecessor, a quem chama de "grande brasileiro", e cita a coincidência da data, que representa, ao mesmo tempo, dez anos da iniciativa social e 68 anos do ex-presidente; "O Bolsa Família permitiu que 36 milhões de brasileiras e de brasileiros saíssem da miséria. Porque não basta o PIB crescer, não basta a economia crescer, tem de crescer para todo mundo", escreve Dilma Rousseff no Twitter


Os dez anos do Bolsa Família coincide com o aniversário do pai do programa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na manhã deste domingo, a presidente Dilma Rousseff parabenizou seu antecessor pelo Twitter, a quem chamou de "grande brasileiro", e ressaltou os avanços da iniciativa, "o maior programa de inclusão social da história", segundo sua definição.
"Hoje é o aniversário do grande brasileiro e amigo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O aniversário de Lula coincide com o aniversário do maior programa de inclusão social da história, o Bolsa Família", escreveu Dilma, usando a hashtag #DiadoLula nas mensagens publicadas em sua conta na rede social.

A presidente diz que "o Bolsa Família permitiu que 36 milhões de brasileiras e de brasileiros saíssem da miséria" e lembra que "não basta o PIB crescer, não basta a economia crescer, tem de crescer para todo mundo". "Um país desenvolvido é um país que tem toda a sua população vivendo com dignidade", completa Dilma, que, em seguida, parabeniza Lula: "Parabéns, Lula!".

Leia abaixo reportagem do Blog do Planalto sobre o impacto do Bolsa Família na economia na última década, com base num estudo apresentado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) no último dia 15:

Bolsa Família reduziu a extrema pobreza em 28% nos últimos dez anos

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, e o presidente do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), Marcelo Neri, apresentaram, nesta terça-feira (15), os efeitos e impactos macroeconômicos do Programa Bolsa Família no Brasil. Em 10 anos de implantação, o programa ajudou a reduzir 28% da pobreza do país, superando em 70% o patamar estabelecido pela meta do milênio da Organização das Nações Unidas (ONU).

Na avaliação de Marcelo Neri, a cada 2% gasto com o Bolsa Família, 12,5% são transformados em benefício para a população, ou seja, o programa ajuda não só a reduzir a pobreza, mas também a estimular a economia a partir do consumo da população mais pobre. "O Bolsa Família tem um efeito multiplicador na economia, cada real que você gasta no Bolsa Família, ele faz a economia girar R$ 2,40. Ele tem um impacto sobre a pobreza, com impacto direto de 36%, ou seja, a pobreza cai de 4,9% para 3,6% com o Bolsa Família sem levar em conta os efeitos multiplicadores".

Os dados do impacto do Bolsa Família também apontam que a renda dos mais pobres cresceu em torno de 4 vezes mais rápido do que a renda dos mais ricos. O investimento pelo governo federal no Bolsa Família em 2013 é de R$ 24 bilhões, o que representa 0,46% do Produto Interno Bruto (PIB). "Ele (o Bolsa Família) gasta apenas 0,5 de percentual do PIB, então ele consegue fazer muito na pobreza e na desigualdade. Ele consegue fazer muito, gastando relativamente pouco", disse Neri.

Atualmente, o Bolsa Família atende a cerca de 13,8 milhões de famílias – quase 80 milhões de pessoas. Para a ministra Tereza Campello, o programa traz melhorias, principalmente, na redução da pobreza e na redução da desigualdade. "Nós temos dados, estatísticas robustas que comprovam os benefícios que o Bolsa Família trouxe para as famílias ao aliviar a pobreza, ao levar crianças para salas de aula, ao melhorar o desempenho escolar e a reduzir a mortalidade infantil", completou Tereza Campello.

Desde 2011, com o lançamento do Plano Brasil Sem Miséria, o Bolsa Família reforçou seu foco nas famílias extremamente pobres. Por conta disso, 22 milhões de pessoas saíram da situação de miséria, superando o patamar de R$ 70 reais por mês.’

Acesse aqui a íntegra da pesquisa.
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: