Dilma: escoamento de grãos ficará mais barato


Ao comentar o leilão da BR-163, presidente destaca necessidade de o Brasil convergir portos e rodovias e aumentar sua produtividade; "Investir em infraestrutura aumenta a produtividade e vai aumentar a competitividade dos produtos brasileiros nos mercados internacionais e, portanto, vai aumentar a nossa riqueza", ressaltou; Odebrecht foi a vencedora da licitação

Danilo Macedo, Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira 27 que a licitação da rodovia BR-163, concluída nesta quarta-feira, permitirá o escoamento de grãos a um custo menor e beneficiará todo o país. Durante cerimônia de inauguração das obras de ampliação do Berço 201 do Porto de São Francisco do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, Dilma destacou a necessidade de o Brasil convergir portos e rodovias e aumentar sua produtividade.

"Uma das questões relevantes para a gente garantir que o Brasil cresça, que melhore a vida das pessoas, que melhorem os salários, que melhore a economia é infraestrutura. É por isso que a gente fala que investir em infraestrutura aumenta a produtividade e vai aumentar a competitividade dos produtos brasileiros nos mercados internacionais e, portanto, vai aumentar a nossa riqueza", ressaltou.

A licitação reuniu sete grupos empresariais ou empresas individuais e teve deságio de 52% no pedágio cobrado, considerado "muito grande" pela presidenta. "Essas licitações são muito importantes para o Brasil. A gente pensa que a BR-163 lá de Mato Grosso não interfere aqui em Santa Catarina, mas interfere sim, porque uma parte expressiva dos grãos convergem aqui para onde tem porto no Brasil e é por aí que vão escoar."

Dilma participou da inauguração das obras de ampliação do Berço 201 do Porto de São Francisco do Sul, localizado no litoral norte de Santa Catarina. O berço é o ponto de atração das embarcações no cais. A obra faz parte da segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e resultou em um aumento de 130 metros na extensão do berço, que passou de 150 metros para 280 metros. O investimento chegou a R$ 35 milhões, dos quais R$ 30 milhões foram aplicados pela União e R$ 5 como contrapartida do porto.

Também foram entregues hoje 59 motoniveladoras e dez caminhões-caçamba a prefeituras de municípios com até 50 mil habitantes do estado. À tarde, Dilma assinará ordem de serviço das obras de ampliação das Barragens de Taió e Ituporanga, em Itajaí, e, em Florianópolis, o contrato para iniciar as obras de dragagem do Porto de Imbituba, com investimento de R$ 36 milhões.”
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: