Ciência sem Fronteiras: mestrado profissional é perfeito para quem precisa aperfeiçoar conhecimento para aplicá-lo no trabalho



“Na coluna Conversa com a Presidenta desta terça-feira (3), a presidenta Dilma Rousseff destacou o anúncio de que o Programa Ciência sem Fronteiras começou a oferecer, a partir desta semana, bolsas de estudo no exterior também para o mestrado profissional, com duração de dois anos e formação específica, voltada para o mercado de trabalho. As primeiras oportunidades oferecidas serão nas melhores universidades dos Estados Unidos, como Harvard, Columbia, MIT, Illinois, Stanford, Carnegie Mellon e Yale.

“Nós já atingimos uma marca extraordinária do Ciência sem Fronteiras: em dois anos, concedemos 60 mil bolsas para jovens brasileiros estudarem nas melhores universidades do mundo. [...] É um curso perfeito para quem já concluiu o ensino superior e precisa desenvolver ou aperfeiçoar seu conhecimento para aplicá-lo no seu trabalho. O Brasil precisa desse tipo de profissional para que a ciência desenvolvida nas universidades e nos centros de pesquisa seja transformada e rapidamente aplicada, melhorando nossos produtos e serviços, gerando mais tecnologia e mais riqueza para o nosso país”, afirmou Dilma.

A presidenta ainda lembrou que o programa está com seleção aberta para alunos de graduação em vinte países: Estados Unidos, Alemanha, França, Japão, China, Coreia do Sul, Canadá, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Áustria, Noruega, Suécia, Finlândia, Holanda, Bélgica, Itália, Espanha, Hungria e Irlanda.

“Esta é uma grande chamada e é preciso ficar atento porque as inscrições terminam na sexta-feira, dia 6 de dezembro. [...] Antigamente, apenas os estudantes das famílias mais ricas tinham condições de estudar lá fora, no exterior. Agora, com o Ciência sem Fronteiras, abrimos essa oportunidade para todo mundo e o único critério que empregamos para escolher alguém é o do mérito. A única condição é ser um bom estudante”, completou.”
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: