Dilma responde Fifa: "faremos a Copa das Copas"

"Pelo Twitter, presidente rebate as críticas do dirigente da entidade máxima do futebol, Joseph Blatter, de que nunca viu um atraso tão grande nas obras para um Mundial como vê no Brasil e que durante a Copa do Mundo no País haverá protestos "mais concretos, mais estruturados" do que houve durante a Copa das Confederações, em 2013; segundo Dilma Rousseff, faremos a "Copa das Copas"; "A procura por ingressos para os jogos - a maior em todas as Copas - mostra que torcedores do mundo inteiro confiam no Brasil", ressalta a presidente

Brasil 247

A presidente Dilma Rousseff afirmou na manhã desta segunda-feira 6, pelo Twitter, que o Brasil fará a "Copa das Copas" e que a grande busca por ingressos para o Mundial, que será sediado no País em junho deste ano, "mostra que torcedores do mundo inteiro confiam no Brasil".

As mensagens são uma resposta ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, que criticou o atraso das obras no Brasil ao jornal suíço 24 horas. O dirigente do futebol também prevê, na entrevista, que "durante o Mundial haverá talvez protestos mais concretos, mais estruturados" do que ocorreu na Copa das Confederações, em 2013.

Segundo o presidente da Fifa, o Brasil tomou consciência do tamanho do desafio de receber uma Copa do Mundo tarde demais. "É o País mais atrasado desde que eu estou na Fifa e, portanto, foi o único que tinha tanto tempo – sete anos – para se preparar", disse o cartola que assumiu suas funções na entidade em 1975.

"Os brasileiros começam 2014 confiantes que irão sediar a #CopadasCopas. No Brasil, a Copa estará em casa, pois este é o país do futebol. Todos os que vierem ao Brasil serão bem recebidos, porque somos alegres e acolhedores.

Esta será a Copa de 12 cidades-sedes, da floresta Amazônica aos pampas gaúchos, das montanhas de Minas às praias cariocas, das dunas do Nordeste à metrópole de São Paulo", escreveu Dilma.

Numa resposta à Fifa e suas previsões, Dilma ressalta que o Brasil recebe a confiança do mundo todo para sediar a competição este ano. De acordo com a presidente, "a procura por ingressos para os jogos – a maior em todas as Copas" é a prova de que "torcedores do mundo inteiro confiam no Brasil".

Ressaltando as qualidades do turismo no País, Dilma Rousseff lembrou ainda que, durante os jogos, "os turistas terão oportunidade de conhecer um país multicultural e batalhador". Segundo ela, "um Brasil que está enfrentando o desafio de acabar com a miséria e gerar oportunidades para todos". "Amamos o futebol e por isso recebemos esta Copa com orgulho e faremos dela a #CopadasCopas", conclui a presidente.

O ministério do Esporte, comandado por Aldo Rebelo, também reagiu às declarações de Blatter. "As informações que chegam ao Ministério do Esporte, enviadas pelas autoridades encarregadas de preparar as cidades-sede para a Copa do Mundo e aquelas apuradas pelo próprio ministro, que a cada três meses visita as obras, dão conta de que o país estará pronto a tempo", comunicou a pasta, em nota divulgada neste domingo 5.

Confira todos os tuítes da presidente Dilma publicados nesta manhã (ler de baixo para cima):

Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: