Dilma Rousseff lamenta morte do cineasta Eduardo Coutinho

Dilma Rousseff lamenta morte do cineasta Eduardo Coutinho em seu Twitter (Foto: Reprodução/Twitter)
'O Brasil e o cinema brasileiro perderam seu maior documentarista', disse.
Corpo será enterrado nesta segunda; ele foi morto a facadas pelo filho.

Do G1

A presidente Dilma Rousseff lamentou nesta segunda-feira (3), em sua página oficial no Twitter, a morte de Eduardo Coutinho. O cineasta foi morto aos 80 anos a facadas no domingo, em sua casa na Lagoa, zona sul do Rio.

"Foi com tristeza que soube da trágica morte do cineasta Eduardo Coutinho, autor de 'Cabra marcado para morrer', 'Peões' e 'Edifício Master'. Coutinho deixava que os personagens contassem suas histórias com suas próprias palavras, criando assim uma relação direta com o expectador [sic]. O Brasil e o cinema brasileiro perderam hoje seu maior documentarista", escreveu."
(...)
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: