Dilma empurra Seleção: "vocês são os melhores"


"Na mensagem que enviou à Seleção Brasileira, a presidente Dilma Rousseff (PT) disse que o mundo sabe que os jogadores brasileiros são os melhores e que eles têm "alegria nas pernas, ginga no corpo e improviso desconcertante"; ela afirmou que cada jogador deve jogar o que sabe e que isso é "o suficiente para a vitória"; ao citar o técnico Luiz Felipe Scolari e o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira, a presidente escreveu que ambos são campeões mundiais consagrados, que aumentam a certeza “de que faremos bonito” no Mundial

 Paulo Victor Chagas, Agência Brasil / Brasil 247

Na mensagem que enviou à Seleção Brasileira de Futebol, a presidenta Dilma Rousseff disse que o mundo sabe que os jogadores brasileiros são os melhores e que eles têm “alegria nas pernas, ginga no corpo e improviso desconcertante”. Ao fazer votos de que cada um deve jogar o que sabe, a presidenta destacou que isso “é o suficiente para a vitória”.

A carta foi endereçada na segunda-feira (9), além dos jogadores, à comissão técnica. Ao citar o técnico Luiz Felipe Scolari e o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira, a presidenta escreveu que ambos são campeões mundiais consagrados, que aumentam a certeza “de que faremos bonito” no Mundial. “A forma brilhante como venceram a Copa das Confederações devolveu ao torcedor brasileiro a certeza de que esta seleção e seus técnicos estão aptos a repetir os nossos grandes feitos do passado”, disse Dilma.

A presidenta participa, nesta quinta-feira (12), da cerimônia de abertura da Copa, na Arena Corinthians, em São Paulo. Ao lado de 11 autoridades estrangeiras, entre chefes de Estado e de Governo e de vice-presidentes, ela assiste à primeira partida do Mundial entre Brasil e Croácia. A bola começa a rolar às 17h, mas a cerimônia de abertura do evento está marcada para as 15h15.

Após mandar votos de fé e de confiança, e dizer que, neste momento, a seleção representa “a grande tradição e a fabulosa história do nosso futebol”, a presidenta disse que os brasileiros pertencem a uma linhagem que transformou o “jogo de cintura dura, inventado pelos ingleses, em uma nova forma de arte”.

“Em 20 de agosto, vamos comemorar o centenário da seleção. Nestes 100 anos, poucas vezes vimos uma equipe tão entrosada com a torcida como a de vocês”, ressaltou Dilma, completando que o carinho recebido por eles nas ruas e nos estádios significa que todos acreditam na capacidade dos jogadores de “honrar o futebol brasileiro na Copa que ora organizamos”.

Além da carta de Dilma, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, o técnico Felipão e o coordenador da equipe, Carlos Alberto Parreira, receberam mensagens de incentivo e apoio dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

Em seu site, a CBF informa que, além dessas mensagens, vem recebendo, diariamente, cartas de incentivo à seleção brasileira enviadas por torcedores.
Abaixo a mensagem na íntegra:

Prezados Felipão, Parreira e integrantes da Comissão Técnica,

Queridos jogadores da Seleção Brasileira de Futebol,

Faço questão de mandar meus votos de fé e confiança, nesta hora em que vocês representam a grande tradição e a fabulosa história do nosso futebol.
A forma brilhante como venceram a Copa das Confederações devolveu ao torcedor brasileiro a certeza de que esta Seleção e seus técnicos estão aptos a repetir os nossos grandes feitos do passado.

Ídolos do povo, vocês, jogadores, são a continuidade dos escretes que nos deram cinco taças.

Felipão e Parreira, campeões mundiais consagrados, aumentam a nossa certeza de que faremos bonito nesta Vigésima Copa.

Confiem em seus talentos, meus queridos jogadores, e olhem para trás e vejam-se no talento de Friedenreich, Fausto, Domingos, Leônidas, Zizinho, Nílton Santos, Didi, Garrincha e, naturalmente, o Rei Pelé.

O mundo sabe que vocês são os melhores. Têm alegria nas pernas, ginga no corpo, aplicação tática e improviso desconcertante. Pertencem a uma linhagem de atletas e treinadores que transformaram o jogo de cintura dura, inventado pelos ingleses, em uma nova forma de arte.

Em 20 de agosto, vamos comemorar o centenário da Seleção. Nesses cem anos, poucas vezes vimos uma equipe tão entrosada com a torcida como a de vocês. O carinho que recebem nas ruas e nos estádios é o melhor testemunho de que todos acreditamos na sua capacidade de honrar o futebol brasileiro na Copa que ora organizamos.

Meus votos são de que cada um jogue o que sabe. É o suficiente para a vitória. Estarei junto com todo o Brasil torcendo por todos e cada um de vocês.

Um abraço carinhoso,

Dilma Rousseff
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: