Dilma volta a Pernambuco. Desta vez, com Lula


"Depois de muita polêmica sobre sua visita, presidente voltará a Pernambuco na sexta-feira 13; Dilma Rousseff irá participar da primeira etapa da inauguração da Via Mangue, no Recife; à noite, a agenda prevê um encontro com correligionários e com a militância petista, com a presença do ex-presidente Lula; objetivo é delimitar o palanque estadual e fortalecer a pré-candidatura do senador Armando Monteiro Neto (PTB) ao governo do estado e do deputado federal João Paulo (PT) ao Senado

Brasil 247

Depois de muita polêmica sobre a sua visita, a presidente Dilma Rousseff (PT) voltará a Pernambuco nesta sexta-feira (13). Dilma irá participar da inauguração da primeira etapa da inauguração da Via Mangue, no Recife, às 14h30. Em seguida, a presidente irá a um evento de formatura de alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Também está prevista a inauguração do Terminal Integrado Cosme e Damião, que dará acesso à Arena da Copa, em São Lourenço da Mata, Região metropolitana do Recife. À noite, a agenda prevê um encontro com correligionários e com a militância petista em uma casa de recepções na Zona norte da Capital pernambucana. O evento deverá contar com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Esta será a terceira viagem da petista a Pernambuco em dois meses.

A visita que a presidente Dilma fará ao Estado de Dilma foi marcada por uma série de confusões.  A pendenga começou por conta das obras da inauguração da Via Mangue, inicialmente marcada para o dia 3 e que foi adiada pela Prefeitura do Recife para o dia 8, alegando razões técnicas e as fortes chuvas que caíram na capital pernambucana nos últimos dias. Extraoficialmente, porém, informações de bastidores apontaram que o cancelamento teria sido motivado pela possibilidade de manifestações contrárias à presidente.

A mudança no calendário provocou forte reação por parte do PT e de outros partidos que fazem oposição a gestão de Geraldo Julio (PSB) à frente da Prefeitura do Recife e que também são contrários a candidatura presidencial do ex-governador Eduardo Campos (PSB). Geraldo Julio negou a existência de cunho político na alteração da data e, conseguiu reagendar a visita presidencial para a nova data.

A Via Mangue é uma das principais obras viárias do Recife. Dos R$ 433,2 milhões gastos na obra, R$ 331 milhões foram originários de recursos da Caixa Econômica Federal. Outros R$ 19 milhões foram repassados diretamente pela União e o restante foi feito mediante a contrapartida municipal. Dos R$ 246,1 milhões necessários às obras de urbanização que envolvem o entorno do projeto da Via Mangue, o município entrou com apenas R$ 23,4 milhões. A disputa pela paternidade das obras também é um componente frequente das rusgas entre PT e PSB.

Já o encontro que ela e Lula terão com a militância servirá para marcar o apoio a pré-candidatura do senador Armando Monteiro Neto (PTB) ao Governo do Estado e do deputado federal João Paulo (PT) ao Senado. A visita de Lula e Dilma também servirá para reforçar à a imagem da presidente junto à população pernambucana. De acordo com pesquisa feita em abril, pelo Instituto Maurício de Nassau em parceria com o Jornal do Commercio, Dilma e Campos estão empatados tecnicamente no que diz respeito a aprovação das suas gestões. No Recife, o governo Dilma é bem avaliado por 36% dos eleitorados, enquanto Campos registra 34% de aprovação. A vinda de Lula, porém, é vista pelo PT como uma ferramenta para derrotar o PSB em seu principal reduto."
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: