Dilma: Não se submetam aos que torcem pelo fracasso


"Em discurso no congresso nacional do PT, nesta quinta-feira, em Salvador, a presidente Dilma Rousseff pediu compreensão da militância ao ajuste fiscal: "O PT é um partido preparado para entender que, muitas vezes, as circunstâncias impõem movimentos táticos para alcançar o objetivo mais estratégico, a transformação do Brasil em uma nação desenvolvida e mais justa"; ela pediu ainda que o partido saia em defesa do governo: "Não se submetam aos que torcem pelo fracasso do governo e do partido. Esta é a hora de ver quem é quem. Sei que posso contar com o PT e com os partidos aliados [...]. Eu preciso contar com o meu partido, um partido vivo, que sempre se forjou no debate"

Brasil 247

Em discurso no congresso nacional do PT, nesta quinta-feira, em Salvador, a presidente Dilma Rousseff saiu em defesa das medidas de ajuste fiscal diante da conjuntura e pediu que a militância se una em apoio ao governo. 
"O PT é um partido preparado para entender que, muitas vezes, as circunstâncias impõem movimentos táticos para alcançar o objetivo mais estratégico, a transformação do Brasil em uma nação desenvolvida e mais justa."

Ela afirmou ainda que as medidas foram "fortes" e "conscientes" para que o governo "preserve os direitos dos mais pobres e daqueles que mais precisam do apoio do Estado." "Trata-se de preservar conquistas, de consolidar avanços e de estabelecer um novo mandato de mudanças", complementou.

Parte do partido assinou um manifesto contra as ações comandadas pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. "Não se submetam aos que torcem pelo fracasso do governo e do partido", pediu Dilma. "Esta é a hora de ver quem é quem. Sei que posso contar com o PT e com os partidos aliados [...]. Eu preciso contar com o meu partido, um partido vivo, que sempre se forjou no debate", afirmou. "Eu sei que o PT está engajado no governo que o elegeu. Este governo não pode prescindir do apoio do PT", declarou."
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: