Dilma rebate Fux e diz que chapa com Temer não pode ser dividida


A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff rebateu a declaração do ministro do STF (Superior Tribunal Federal) Luiz Fux, que também é vice-presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), de que seria possível separar as contas de campanha da petista e de Michel Temer; o advogado Flávio Caetano, parte da defesa de Dilma, reafirmou que a chapa é única, e que os dois assinaram a prestação de contas junto com tesoureiro da campanha; Caetano disse acreditar que o ministro Fux falou de um caso hipotético, uma vez que o magistrado pode vir a ter que julgar o caso; "Porque, sendo um magistrado e um professor constitucionalista, sabe que não pode emitir um prejulgamento, que não pode falar fora do processo", disse

Brasil 247 -

A defesa ex-presidente Dilma Rousseff rebateu a declaração do ministro do STF (Superior Tribunal Federal) Luiz Fux, que também é vice-presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), de que seria possível separar as contas de campanha da petista e de Michel Temer. O advogado Flávio Caetano, parte da defesa de Dilma, reafirmou que a chapa é única, e que os dois assinaram a prestação de contas junto com tesoureiro da campanha, diz reportagem de O Globo.

Caetano disse acreditar que o ministro Fux falou de um caso hipotético, uma vez que o magistrado pode vir a ter que julgar o caso.

"- Porque, sendo um magistrado e um professor constitucionalista, sabe que não pode emitir um prejulgamento, que não pode falar fora do processo, disse o advogado.

Caetano ressaltou que não é possível a separação das contas porque a Constituição e a legislação eleitoral exigem que a chapa seja única. Que seja composta por presidente e vice. "
Postar no Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: